Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

L.C. Ferreira Word

Porque tudo o que conheço não chega, porque nunca direi vezes suficientes e porque sim...

L.C. Ferreira Word

Porque tudo o que conheço não chega, porque nunca direi vezes suficientes e porque sim...

Do Alto do Muro Cresce a Dor sem Porquê

por lcferreira, em 07.05.11

 Um minuto passou, depois outro e outros mais se seguiram. O relógio avançava, impiedoso.

 Não ligava para as lágrimas dela, para a dor estampada no seu rosto jovem. Não se condoía com o seu coração triste e amarrotado em desamor.

 Os minutos eram assim, uns após ou outros, sem parar o mundo, para que ele olhasse para aquela mulher, outrora menina, em cima de um muro, a chorar.

 

 E ela lá se quedava, abandonada pela flores, entregue à amarga solitude. Numa espera que não tinha porquê, em nome dum sentir que a traíra.

 

 O amor tinha-a traído, sem razão aparente, sem explicação possível. Era por isso que esperava, do alto do muro. Pela resposta a todos os seus porquê's.

 E embora ela soubesse, que saber não diminui a dor, ela não iria descer do muro, enquanto não soubesse porque havia o amor falhado.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D